Conhecer-se para Relacionar-se (consigo)

Um espaço para tratar sem vulgaridade e apelações, esta será a intenção deste site ou blog como queiram. Um espaço para escrever livremente e também divulgar um pouco do meu trabalho e experiências. E aprender também.

Conhecer-se e Reconhecer-se é um importante ponto de partida na busca incessante da plenitude. E que talvez nunca a alcancemos por completo. E que bom… pois procurando, nos deparamos com desafios, problemas, soluções e aprendizados que nos movem e trazem sentido ao ato de viver. Quando se encontra ou conquista algo é de praxe estabilizar-se ou simplesmente se acomodar em uma zona de conforto. E daí facilmente se cai no automatismo das relações pessoais e interpessoais (com os outros).

Quando se fala em terapia tântrica ou processos holísticos, logo se pensa em corpos nus, realização de práticas deturpadas e também em atos carnais, quando na verdade esta filosofia milenar permite ampliar, libertar e expandir a energia recanalizando-a como novas formas de conscientização e percepção de si e do outro. Este momento é de uma pessoa, que possuirá as percepções e de outro que facilita o processo (Terapeuta) e não no oferecimento de serviços mecânicos e suspeitos – que invadam o limite de cada um. Momentos à dois, podem existir, porém apenas entre casais, que buscam processos juntos e buscam a melhora da afinidade à dois. Daí surge o título deste post em conhecer-se (o que muitos não sabem) e reconhecer-se (o que aqueles que se conhecem caem no automatismo) para relacionar-se consigo e também com os outros.

Embarquemos nessa jornada, que aos poucos e de forma bastante leve, agregaremos conhecimento e informações acerca de nós enquanto seres em constante aprendizado.

Grande abraço e até breve! 🙂