Crenças, Tabus e Limitadores

Ancora

Já ouviu falar em crenças limitadoras ou idéias destrutivas? Pensamentos negativos ou tabus criados e assumidos como algo errado? Pois bem, neste post vamos falar um pouco sobre coisas parecidas, mas posso fugir um pouco do tema, afinal nem tudo na vida são trilhos, mas sim trilhas

“É tarde demais, sou muito velho para isso, tenho medo de falhar ou não tenho sorte para isso” são alguns exemplos de coisas que em algum momento pensamos, mas nada mais são do que criações que nos impede de seguir em um sonho, uma meta, um propósito ou mesmo um caminho a seguir.

Tudo que fazemos nesta vida deve ter um propósito e quanto mais energia você colocar nisso, maior será a probabilidade de se conquistar aquilo que se deseja. Não falamos de dinheiro apenas, mas sim de desejos e vontades que por muitas vezes deixamos passar pelo simples fato de não querer falhar ou poupar energia (mais uma vez ela aparece aqui, não é?). A energia está em tudo aquilo que acreditamos e não falamos em religião ou crença religiosa. Tudo vai de encontro com a intensidade e intenção que você coloca nas coisas. Uma vela preta pode ser usada para seu anjo da guarda, uma branca para quem faz outras coisas. Um simples número ou cor pode lhe trazer paz, prosperidade, amor e sabedoria. Uma pedra pode fazer o papel de um cristal precioso e um aroma que não seja o Channel 5 pode ser mais marcante e destacar-se em uma multidão. Essas e outras coisas ilustram o quanto a sua intenção é mais valiosa frente aquilo que se tem como verdade, pois esta será a SUA verdade.

O mesmo acontece com pessoas, quando colocamos em mente que fulado ou beltrano nos coloca para baixo ou rouba nossa energia (olha ela aqui de novo!). Ninguém rouba nada de ninguém, nós que permitimos esse envio de energia ou podemos doá-la para o bem do outro e naturalmente devemos ter meios de recarregá-la novamente. Para isso, reserve sempre um tempo para si, para se fazer algo que goste ou que lhe dê prazer. Não precisa ser algo agendado no calendário às X horas, mas sim algo que aconteça no SEU melhor momento, quando você se sentir preparado (a) e logicamente à vontade.

Crie seu altar, com um cristais ou com pedaços de paralelepípedo que terá uma intenção para você, acenda um incenso de ervas ou lavanda, medite, faça Yoga, desenhe,  corra ou caminhe, faça voluntariado, deite-se mais cedo com uma música relaxante de fundo, tantre-se (sim, do Tantra!)! Tem tantas opções de você aproveitar a vida, frente à uma rotina maluca e para isso a finalidade será unicamente fazer com que o maluco (a) não seja você.

E por fim, deixe os tabus de lado, teste seus limites e deixe tudo aquilo que possa te atrasar de lado, pois para o controle já basta o relógio, então faça com que o tique-taque da vida seja sempre à seu favor.

Até uma próxima postagem 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s